CIMEIRA MUNDIAL DE ALZHEIMER

0

Cimeira Mundial de Alzheimer vai realizar-se entre 18 e 22 de Setembro de 2017 em Lisboa, na Fundação Champalimaud, com o apoio da Fundação Rainha Sofia (Espanha). Esta importante cimeira sobre a Doença de Alzheimer assentará em dois pilares fundamentais: Investigação na Área dos Serviços Sociais e de Cuidados de Saúde (18-22 de Setembro), organizado pelo Centro Nacional de Referência nos Cuidados no âmbito da Doença de Alzheimer e outras Demências (CREA) de Imserso, e Cimeira Científica (20-22 de Setembro), organizada pela Fundação CIEN – Centro de Investigação de Doenças Neurológicas e pelo CIBERNED – Centro de Investigação biomédica em Rede sobre Doenças Neurodegenerativas. Cada uma das áreas temáticas destina-se a públicos diferentes, apresentando o seu próprio programa, sendo o objectivo transmitir uma panorâmica mais completa sobre a Doença de Alzheimer, no sentido de aumentar o conhecimento desta doença neurodegenerativa

INVESTIGAÇÃO NA ÁREA DOS SERVIÇOS SOCIAIS E DE CUIDADOS DE SAÚDE

Serão apresentadas experiências inovadoras no âmbito da utilização de trerapias não-farmacológicas e centradas na Pessoa, de modo a promover a pesquisa socio-sanitária e a normalizar a vida diária das pessoas com demência e das suas famílias. Este fórum, que contará com os mais importantes especialistas e investigadores a nível internacional, procura, a partir de uma abordagem científica, dar respostas tanto a profissionais como a cuidadores quanto à forma como melhorar a qualidade de vida das pessoas com doença de Alzheimer. Tal como nos anos anteriores, o CRE de Alzheimer, juntamente com a fundação Rainha Sofia, pretende, com estas cimeiras, aproximar a sociedade dos avanços da ciência na luta contra a doença de Alzheimer e, acima de tudo, realçar a evidente necessidade de progressos na busca por soluções e respostas globais.

Cimeira Científica ou Cimeira Mundial de Doenças Neurodegenerativas focar-se-á nos principais avanços científicos na investigação das doenças neurodegenerativas, particularmente das doenças de Alzheimer, de Parkinson e de huntington. Esta cimeira realiza-se anualmente desde 2013, sob a denominação de “Congresso Internacional sobre Inovação e Investigação de Doenças Neurodegenerativas (CIIIEN)”, sendo organizada pela fundação Rainha Sofia, pelo Centro de Investigação de Doenças Neurológicas (CIEN) e pelo Centro de Investigação biomédica em Rede sobre Doenças Neurodegenerativas (CIbERNED), oferecendo um fórum de discussão de diversas áreas de interesse relacionadas com aspectos básicos, clínicos e translacionais da investigação das doenças neurodegenerativas. Participarão nesta Cimeira mundial mais de 400 investigadores de vários países.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui